Embraer diz que vai dobrar benefícios em terceiro plano de demissão voluntária

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A Embraer anunciou nesta terça-feira (18) que apresentou aos sindicatos da categoria a proposta de dobrar os benefícios para a abertura de um terceiro PDV (Programa de Demissão Voluntária), ampliando para funcionários com 50 anos ou mais. O período de adesão vai até o dia 1º de setembro. Além disso, a empresa diz que o pacote de benefício aumenta a indenização para 20% do salário-base nominal por ano de empresa, e o plano de saúde para funcionários e dependentes passa ter vigência até junho de 2021. O auxílio-alimentação também foi ampliado para o mesmo período. A Embraer ainda diz que vai conceder apoio aos funcionários que aderirem ao programa para recolocação no mercado de trabalho, além das verbas rescisórias comuns a desligamentos sem justa causa. No fim de julho, a empresa propôs um segundo PDV onde trabalhadores que estavam em licença, os aposentados e aqueles com mais de 55 anos poderiam aderiar ao programa. No início de julho, a empresa anunciou uma proposta voltada a funcionários que estavam em férias coletivas e que iniciariam um período de licença remunerada. Aa propostas ocorrem após a derrocada do acordo para a venda da área de aviação comercial da Embraer para a Boeing.

Deixe um comentário