Com apoio a Luxemburgo, Palmeiras encara o Athletico-PR

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O início sem vitórias no Campeonato Brasileiro e o baixo aproveitamento contra equipes da elite fizeram torcedores do Palmeiras ‘cornetar’ intensamente Vanderlei Luxemburgo. A avaliação interna, porém, é de que o técnico não tem feito um trabalho ruim, e o momento é de dar tempo para o desempenho melhorar. Nesta quarta-feira (19), mais um desafio espera o veterano treinador. O Palmeiras encara o Athletico-PR, às 19h30, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), em busca da primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Até agora, a equipe alviverde empatou com Fluminense, no Maracanã, e Goiás, no Allianz Parque. O presidente do clube, Maurício Galiotte, concorda que o rendimento não é o ideal no momento, mas na atual sequência de quatro jogos sem vitória estão as finais do Paulista, vencida nos pênaltis contra o Corinthians. O dirigente não esconde que a estratégia para o Dérbi era deixar de lado o desempenho, ou um jogo mais agradável de se ver, e ganhar o título da forma que fosse necessária. Assim como falou o técnico depois do empate com o Goiás, o comando do departamento de futebol espera uma postura melhor dos atletas. Com os quatro meses de paralisação do futebol devido à pandemia do novo coronavírus, Galiotte e o diretor de futebol Anderson Barros consideram esperados problemas. Por conta do calendário apertado, por exemplo, Luxa pôde fazer apenas um trabalho tático nas duas primeiras rodadas do Brasileirão. Além disso, há o entendimento de que outros times estão com problemas, como é o caso dos rivais do Trio de Ferro (Corinthians e São Paulo), por exemplo. E o Palmeiras ainda é colocado em vantagem por ser o único entre eles a levantar uma taça na temporada — a única disponível, inclusive, já que as outras competições se encerram só no ano que vem. Nas redes sociais, porém, o incômodo com o trabalho tem sido crescente. Alguns palmeirenses chegaram a criar a hashtag pedindo a saída do atual técnico, que possui contrato até o fim de 2021. Isto não condiz, contudo, com a avaliação interna na Academia de Futebol. Para a partida na capital paranaense, o time é o mesmo que empatou com o Goiás. O zagueiro Felipe Melo continua como desfalque por causa de uma lesão muscular. Do outro lado, o Athletico-PR joga por recuperação depois de levar 3 a 1 do Santos na Vila Belmiro. A equipe rubro-negra ainda não terá à beira do campo o técnico Dorival Júnior, em recuperação de Covid-19. Em três partidas até agora, o Athletico conquistou seis pontos -vitória sobre Goiás em casa e Fortaleza, fora. ATHLETICO-PR Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Lucas Halter, Abner; Wellington, Léo Cittadini, Marquinhos Gabriel; Nikão, Vinicius Mingotti, Vitinho. T.: Lucas Silvestre PALMEIRAS Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez, Viña; Patrick de Paula, Gabriel Menino, Ramires, Zé Rafael; Willian, Luiz Adriano. T.: Vanderlei Luxemburgo Estadio: Arena da Baixada, em Curitiba (PR) Horário: 19h30 desta quarta-feira Juiz: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Deixe um comentário