Primeira-ministra da Nova Zelândia adia eleições após novo surto

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, anunciou na noite de domingo (16), manhã de segunda no país, que as eleições legislativas de 19 de setembro serão adiadas para 17 de outubro. “Esta decisão dá tempo a todos os partidos para realizarem suas campanhas e, à Comissão Eleitoral, tempo suficiente para garantir que a eleição possa ser realizada.”. Os partidos de oposição faziam pressão pelo adiamento após o país ver um novo surto de coronavírus surgir em Auckland, maior cidade da Nova Zelândia, na última semana. Quatro novos casos foram confirmados em uma mesma família, encerrando um período de 102 dias sem registros de infecções por transmissão comunitária. Após a confirmação, mais 30 pessoas tiveram testes positivos. O retorno dos casos levou ao confinamento da cidade até 26 de agosto. Até o domingo, o país somava 1.622 casos e 22 mortes.

Deixe um comentário