Prefeitura do Rio adia reabertura de teatros, casas de eventos e cinemas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) – A reabertura de cinemas, teatros e casas de eventos no Rio de Janeiro foi adiada por mais 15 dias. A decisão foi anunciada neste domingo (16) pela prefeitura, quando estava previsto o início da Fase 6 de flexibilização na cidade. A retomada das atividades no Rio, que ocorre desde o dia 2 de junho, foi dividida em seis fases. Cada uma delas tem previsão de duração de 15 dias. De acordo com a prefeitura, o adiamento seguiu a recomendação Comitê Científico do município. A secretária municipal de Saúde, Ana Beatriz Busch, atribuiu a decisão a uma necessidade de os setores se organizarem. No entanto, a secretária garantiu que sete indicadores avaliados pelo Comitê Científico já apontavam ser possível avançar para a fase 6 do plano. “Mesmo com essas variáveis, os indicadores continuam favoráveis. Mas o comitê optou por promover a vigência da Fase 5 por mais 15 dias, para observar o comportamento dessas atividades”, explicou o superintendente de Educação e Projetos da Vigilância Sanitária, Flávio Graça. Ainda conforme a prefeitura, o anúncio da desmobilização de leitos de hospitais de campanha, por parte do governo do estado, é outro ponto de atenção. O Hospital Lagoa-Barra, que tem 100 leitos e enfermaria e outros 100 de UTI, será fechado no próximo dia 20. A unidade Parque dos Atletas, que conta com 116 leitos de enfermaria e 84 de UTI, deve encerrar suas atividades no dia 11 de setembro. Durante o anúncio do adiamento da nova fase de flexibilização, o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) fez um apelo aos mais jovens, que estão lotando bares em bairros das zonas sul e oeste da cidade. “Nosso maior patrimônio é conseguir manter baixa a carga viral na cidade. Hábitos adquiridos, como lavar as mãos com frequência, usar máscara, evitar aglomeração e fazer o atendimento precoce dos pacientes, ajudam a manter a cidade com menos vírus em circulação. Quando infelizmente temos uma multidão sem máscara, fumando na rua, bebendo, pode-se aumentar a carga viral em circulação. E, quando isso ocorre, aumenta o risco de perdermos vidas. Precisamos manter as regras de ouro”, disse o prefeito. A prefeitura informou ainda que estão liberados os eventos corporativos no município. De acordo com Flávio Graça, estão autorizados os eventos de negócios, como workshops, assembleias e congressos. “Esses sim, em locais fechados e locais abertos. De negócios. Os eventos culturais não estão liberados ainda, dentro da Fase 5”, disse Graça. Sobre as escolas particulares, foi lembrado que a reabertura continua suspensa por decisão judicial, que também vale para cursos extracurriculares.

Deixe um comentário