Após vencer no Morumbi, São Paulo visita o Vasco para manter 100%

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Após estrear com vitória em casa, o São Paulo vai ao Rio de Janeiro enfrentar o Vasco no São Januário, neste domingo (16), às 16h, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Uma das principais preocupações do clube tricolor neste início de temporada é a combinação de elenco enxuto e maratona de jogos causada pela três competições em disputa (Brasileiro, Copa do Brasil e Libertadores), o que fez a diretoria a intensificar a busca por reforços. Na verdade, essa preocupação já é realidade no Morumbi, tanto é que Diniz cogita um sistema de rodízio nas próximas rodadas do Nacional para evitar o desgaste excessivo com três jogos do time titular após quatro meses de paralisação. O técnico vive um dilema: manter a equipe para voltar a mostrar um padrão, como antes da pausa dos torneios devido à pandemia, ou poupar peças seguindo orientações do departamento físico? Enquanto Diniz quebra a cabeça para montar o time que enfrenta o Vasco, o clube trabalha em silêncio por novidades. Uma das negociações que se tornou pública nesta semana foi a possibilidade de troca de Everton por Luciano com o Grêmio. A transação não envolveria valores, mas após pressão interna o clube paulista recuou e até relacionou o meia-atacante para a partida contra o Fortaleza, quinta-feira (13). Ele não saiu do banco. Outra movimentação que ocorreu nos últimos dias foi a rescisão amigável do contrato do zagueiro Anderson Martins, de 32 anos. Também reserva, ele abriu mão de valores previstos até o fim do ano para procurar um novo clube. Em contrapartida, o São Paulo receberá de volta o jovem Rodrigo, de 22 anos, que estava emprestado ao Portimonense, de Portugal, e agora será opção à dupla Arboleda e Bruno Alves junto com Diego e Walce. Fernando Diniz gosta da ideia de trabalhar com jovens para suprir carências do elenco: “Temos vários jogadores de Cotia que eu aposto e gosto, jogadores talentosos. À medida em que o trabalho vai evoluindo, eles vão ficando com mais confiança e a gente pode apostar neles.” Apesar da declaração entusiasmada sobre as promessas e do contentamento com o plantel à disposição atualmente, o treinador admite a possibilidade de contratações para a sequência da temporada. “O elenco é bom, desde quando eu cheguei aqui falei que era bom. A gente estava fazendo um primeiro semestre muito bom, aí teve a pandemia, esses dois jogos em que a gente foi muito mal no Campeonato Paulista, mas o elenco é muito bom. Pode ser que tenha uma ou outra contratação pontual, mas é um elenco que me satisfaz.” Um atacante velocista de lado como reposição à saída do atacante Antony, que foi para o Ajax-HOL, é uma das prioridades do clube. Novidades devem pintar nas próximas semanas. Tal qual seu adversário deste domingo, o Vasco também só disputou uma partida no Campeonato Brasileiro até aqui -e estreou com vitória. Também no São Januário, o clube cruz-maltino venceu o Sport por 2 a 0 na última quinta (13). O lateral-direito Pikachu é a principal dúvida de Ramon Menezes para definir a escalação. Ele espera uma reavaliação do jogador, que sentiu dores na coxa direita na partida de quinta. Se não tiver condições de jogo, deve ser substituído por Cayo Tenório. Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro Horário: 16h deste domingo (16) Juiz: Wilton Pereira Sampaio (GO) VASCO Fernando Miguel; Pikachu (Cayo Tenório), Leandro Castan, Ricardo Graça e Henrique; Fellipe Bastos, Andrey e Benítez; Gabriel Pec, Cano e Talles. T.: Ramon Menezes SÃO PAULO Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Liziero (Pato), Igor Gomes e Daniel Alves; Vitor Bueno (Paulinho Bóia) e Pablo. T.: Fernando Diniz

Deixe um comentário