Após aumento de casos de Covid-19, governo determina uso obrigatório de máscaras em Bruxelas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A partir desta quarta-feira (12), o uso de máscaras de proteção será obrigatório em todos os lugares públicos de Bruxelas, capital da Bélgica. Devido ao aumento no número de casos do novo coronavírus, o governo local decidiu estender a medida que determinava o uso de máscaras em locais fechados, em vigor desde 11 de julho. Na última semana, a capital belga, que abriga as sedes da União Europeia e da Otan e tem cerca de 1,2 milhão de habitantes, registrou uma média de 600 novos casos diários, nível que a coloca entre as cidades mais afetadas da Europa. “O uso de uma máscara que cubra o nariz e a boca é, portanto, obrigatório para qualquer pessoa de 12 anos ou mais nos locais públicos e nos locais privados acessíveis ao público”, diz o comunicado do governo. A norma prevê exceções para praticantes de atividades esportivas e de trabalhos que exijam esforço físico na via pública. Também exime as pessoas com algum tipo de deficiência que não podem usar máscara ou protetor facial. Até esta quarta-feira, a Bélgica registrou mais de 75 mil casos e 9.885 mortes por Covid-19, de acordo com a Universidade Johns Hopkins.

Deixe um comentário