Flamengo busca reação contra o Atlético-GO

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A estreia do Flamengo no Campeonato Brasileiro foi abaixo do esperado, mas nem houve tempo para lamentar no elenco rubro-negro. Nesta quarta-feira (12), às 20h30, a equipe enfrenta o Atlético-GO no estádio Olímpico, em Goiânia (GO). A partida representa a busca pela primeira vitória do time sob o comando do espanhol Domènec Torrent. Ele assumiu o comando do Flamengo há pouco tempo em lugar de Jorge Jesus e não foi feliz em sua estreia. No domingo passado (9), perdeu para o Atlético-MG em pleno Maracanã por 1 a 0. Apesar do tropeço, o discurso não é trágico na Gávea. Sabe-se que Torrent fará mudanças em relação ao sistema de jogo de Jesus, mas, segundo o próprio treinador, a síntese será a mesma: futebol ofensivo e agressividade na busca por vitórias. “Não tínhamos as linhas compactas, temos de trabalhar isso melhor. Jogamos muito separados. Somos o Flamengo, queremos ganhar, mas algumas vezes não é possível”, justificou Torrent após a derrota para o Atlético-MG. Entre os atletas, o discurso também é de cautela em relação à primeira derrota. “O Dome está conhecendo todo mundo, não é cabível cobrar. Perder é muito ruim, mas a gente vai melhorar e vamos chegar longe de novo”, minimizou Rafinha. Por isso, o Flamengo deve entrar em campo com a mesma equipe que perdeu no Maracanã. A dúvida está na zaga para fazer parceria com Rodrigo Caio: Gustavo Henrique ou Léo Pereira. A preocupação está na seca de gols de seu centroavante. Gabriel Barbosa, o Gabigol, não marcou nenhum desde a retomada do futebol brasileiro após a paralisação por causa da pandemia do novo coronavírus. Ao todo, foram cinco partidas que o deixam com o maior jejum desde que foi contratado, no início de 2019. ATLÉTICO-GO Jean; Dudu, Éder, Gilvan, Nicolas; Edson, Marlos Freitas, Jorginho; Matheuzinho, Ferrareis, Júnior Brandão. T.: Vagner Mancini FLAMENGO Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Léo Pereira (Gustavo Henrique), Filipe Luís; Willian Arão, Gérson, Arrascaeta, Everton Ribeiro; Bruno Henrique, Gabigol. T.: Domènec Torrent Estádio: Olímpico, em Goiânia (GO) Horário: 20h30 desta quarta-feira Juiz: Luiz Flávio de Oliveira (SP)

Deixe um comentário