Cantor Trini Lopez, de ‘La Bamba’, morre aos 83 anos vítima de Covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O cantor americano Trini Lopez morreu nesta terça-feira (11), aos 83 anos, em um hospital na Califórnia. De acordo com Joe Chavira, seu amigo e colaborador, o artista não resistiu a complicações causadas pela Covid-19. Lopez viveu o auge de sua fama nos anos 1960, quando gravou versões bem-sucedidas das canções “If I Had a Hammer” e “La Bamba”. Outro de seus sucessos foi “Lemon Tree”, que ganhou releitura na voz do cantor em 1965. A música era uma versão americana de “Meu Limão, Meu Limoeiro”, composta por José Carlos Burle nos anos 1930 e adaptada por Will Holt. No Brasil, se tornou um fenômeno nacional com a voz e o gingado de Wilson Simonal. Lopez ficou conhecido por reinventar sucessos do folk, abraçando suas origens latino-americanas e adicionando tons de rockabilly às composições. Ele também trabalhou como ator, fazendo participações especiais em filmes como “Os Doze Condenados”, de 1967.

Deixe um comentário