Corpo de Bombeiros Militar inicia formação de brigadistas com autismo

O projeto Brigada Azul é desenvolvido em parceria com a Associação dos Amigos dos Autistas do Espírito Santo
Os alunos vão adquirir conhecimentos relativos ao combate a incêndio, primeiros socorros e evacuação em ambientes de risco. (Foto: Divulgação/CBM-ES)

O Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo (CBMES) realizou, a última quinta-feira (02), a aula inaugural do Projeto Brigada Azul, composto por pessoas com Autismo, no Quartel do Comando-Geral, localizado na Enseada do Suá, em Vitória. O objetivo é preparar os alunos para atuar como brigadistas eventuais.

O projeto é desenvolvido em parceria com a Associação dos Amigos dos Autistas do Espírito Santo (Amaes) e vai realizar uma formação de 20 horas para 12 alunos, que vão adquirir conhecimentos relativos ao combate a incêndio, primeiros socorros e evacuação em ambientes de risco.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Alexandre Cerqueira, destacou a importância de iniciativas como esta para a inclusão e representatividade de pessoas com autismo. “Recentemente, formamos a Brigada Down, que capacitou pessoas com Síndrome de Down para atuar como brigadistas. Agora, temos uma turma de pessoas com autismo em formação e temos certeza de que também estamos contribuindo para que estes alunos ocupem seus lugares na sociedade”, pontuou.

A aula inaugural contou com exposição de materiais, equipamentos e EPIs, descrição das viaturas operacionais, além de uma volta no caminhão de incêndio. Os alunos ainda terão mais seis encontros, todos aos sábados.

O evento contou com a participação dos pais e alunos do projeto, dos representantes da Amaes, do comandante-geral do CBMES, além de instrutores e voluntários do Projeto Brigada Azul.

Deixe um comentário