HEC realiza captação de múltiplos órgãos nesta quinta-feira (23)

O coração foi transportado para Minas Gerais; rins, fígado e córneas, foram destinados a pessoas que aguardam aqui no Estado.
Hospital Estadual Central – Dr. Benício Tavares Pereira (HEC). Foto: Divulgação/Governo-ES)

O Natal chegou mais cedo para pessoas que aguardavam na fila do transplante de órgãos. Nesta quinta-feira (23), o Hospital Estadual Central – Dr. Benício Tavares Pereira (HEC) realizou mais uma captação de múltiplos órgãos, incluindo um coração, transportado para Minas Gerais. Também foram captados rins, fígado e córneas, que foram destinados a pessoas que aguardam aqui no Estado. 

Para o transporte do coração foi necessária uma operação especial, já que o órgão foi para alguém que o aguardava em Minas Gerais. A escolta da Guarda Municipal de Vitória foi de extrema importância para garantir que o órgão chegasse até o aeroporto em tempo recorde e seguisse viagem no avião da Força Aérea Brasileira (FAB) até a capital mineira. 

E foi o “sim” da família em período especial, próximo ao Natal, que marcou uma nova chance àqueles que precisavam. 

O presidente da Comissão Intra-Hospitalar para Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT), Frederico Machado de Siqueira, falou sobre decisões como essa em tempos que promovem a reflexão, como as festividades de fim de ano. 

“O Natal é tempo de celebrar a vida pelo o amor de Deus com o nascimento de Jesus Cristo, o Salvador. Assim, é a doação de órgãos, em que duas famílias desconhecidas se entrelaçam para salvar vidas, ressignificando nossa existência humana, na qual a perda nem sempre significa perda, muitas vezes significa ganho, e a morte não é o fim, mas a esperança de um novo nascimento”, disse. 

Já o diretor-geral do HEC, Miguel Duarte, destacou o trabalho exercido com muita dedicação pela equipe responsável. “Todos os envolvidos estão de parabéns por atuarem conscientes da importância dessa causa e empenhados em salvar vidas que tanto esperam por um doador”, afirmou.

Dados sobre transplantes
Segundo dados da Central Estadual de Transplantes do Espírito Santo (CET-ES), até esta quinta-feira (23), a Central contabilizou 1.740 pacientes aguardando por um órgão no Estado, sendo 1.226 para rim, 489 para córneas, 20 para fígado e cinco à espera de um coração.

Deixe um comentário