SESA divulga novo boletim da dengue, zika e chikungunya

O mosquito transmissor, Aedes aegypti, se prolifera em recipientes com água parada
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Aedes aegypti, mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya. (Foto: Divulgação/SESA)

Transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya, o Aedes aegypti se prolifera em recipientes com água parada e para evitar essa ação é necessário ficar atento aos possíveis focos do inseto e eliminá-los. Entretanto, outras medidas podem ser utilizadas pela população como forma de prevenção.


A enfermeira do Programa de Educação em Saúde Ambiental do Núcleo Especial de Vigilância Ambiental (GEVS), Mayra Rodrigues, destaca que no caso de épocas de maior proliferação dos mosquitos, além das ações de mobilização nos imóveis como: ter telas de proteção em todas as janelas e portas da casa; permanecer, preferencialmente, em locais com mosquiteiros ou outras barreiras disponíveis; a utilização vestimentas que minimizam a exposição da pele, ajudam a reduzir os riscos.


“É importante destacar que o Aedes aegypti é mais ativo nos períodos do amanhecer e entardecer, diante disso, roupas mais longas podem minimizar os riscos. Menos áreas expostas dificultam a ação do mosquito. Além disso, aplicar repelentes de uso tópico nas áreas expostas do corpo e evitar ir a locais com maior incidência, são alguns meios de evitar a doença. Em caso de sintomas as pessoas devem buscar imediatamente um serviço de saúde para o atendimento”, relatou.

Veja aqui  o 42º boletim da dengue

Veja aqui  o 42º boletim de zika

Veja aqui o 42º boletim chikungunya

Como se prevenir:
– Limpar o quintal, jogando fora o que não é utilizado;
– Tirar água dos pratos de plantas;
– Colocar garrafas vazias de cabeça para baixo;
– Tampar tonéis, depósitos de água, caixas d’água e qualquer tipo de recipiente que possa reservar água;
– Manter os quintais bem varridos, eliminando recipientes que possam acumular água, como tampinha de garrafa, folhas e sacolas plásticas;
– Escovar bem as bordas dos recipientes (vasilha de água e comida de animais, pratos de plantas, tonéis e caixas d’água) e mantê-los sempre limpos.

Deixe um comentário