Campanha de Multivacinação é prorrogada até 30 de novembro

A ação que vai até 30 de novembro oferta 18 imunizantes para menores de 15 anos em todo o país
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
O objetivo é promover a atualização da Caderneta de Vacinação das crianças e adolescentes, menores de 15 anos. (Foto: Agência Brasil)

Pais e responsáveis por crianças de 0 a menores de 15 anos (14 anos, 11 meses e 29 dias) terão mais um mês para imunizar seus filhos e ajudar na prevenção e proteção contra doenças imunopreveníveis. A Campanha de Multivacinação, que se encerraria nesta sexta-feira (29), foi prorrogada para até o dia 30 de novembro. 

A prorrogação visa também a garantir que altas coberturas vacinais sejam alcançadas para as 18 vacinas ofertadas pelo Calendário Nacional de Vacinação, em especial as que têm metas preconizadas pelo Ministério da Saúde de 90% a 95%. É importante que se verifique a caderneta de vacinação e, em falta de quaisquer doses, colocá-las em dia. 

O Espírito Santo, até o momento, não alcançou as metas preconizadas, um cenário que se repete em todos os estados. “Por isso, é importante termos a prorrogação e também incentivar que pais e responsáveis possam levar seus filhos ao serviço de saúde para atualizar a situação vacinal”, pontuou a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis, Danielle Grillo. 

As metas vacinais do Estado são, até esta sexta-feira (29): BCG (79,44%); Rotavírus Humano (76,25%); Meningococo C (77,60%); Penta (76,69%); Pneumocócica (79,85%); Poliomielite (76,22%); Febre Amarela (69,20%); Hepatite A (74,76%); Tríplice Viral D1 (80,29%). 

A Campanha ocorre nas 493 salas de vacinação em todos os 78 municípios do Estado.

Vacinas disponíveis para Campanha de Multivacinação

Serão ofertadas às crianças de até sete anos de idade (06 anos 11 meses e 29 dias) as vacinas: BCG, Hepatite B, Penta, Polio inativada, Polio oral, Rotavírus, Pneumocócica 10-valente, Meningocócica C, Febre amarela, Tríplice viral (SCR – sarampo, caxumba e rubéola), DTP, Hepatite A e Varicela. 

Já para as crianças a partir dos sete anos de idade até menores de 15 anos, serão ofertadas as seguintes vacinas: Hepatite B, Febre amarela, Tríplice viral, Difteria e tétano adulto, Meningocócica ACWY, HPV quadrivalente e dTpa.

Em relação à Meningocócica C, o Estado está oportunizando, até dezembro deste ano, a vacinação de crianças de até 10 anos que ainda não receberam a dose.

Deixe um comentário