Flamengo goleia Volta Redonda e se classifica para a final do Carioca

Flu e Portuguesa lutam neste domingo (9) por última vaga na decisão
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
O Flamengo não teve dificuldades para golear o Volta Redonda por 4 a 1, na noite de sábado (08), no Maracanã. (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

O Flamengo não teve dificuldades para golear o Volta Redonda por 4 a 1, na noite de sábado (08), no Maracanã, e garantir a classificação para a final do Campeonato Carioca. Mesmo com a decisão de Rogério Ceni de poupar alguns titulares, o Rubro-Negro se impôs em campo e não deu chances para o Voltaço.

A partida começou com polêmica. Logo com um minuto, o Volta Redonda teve uma falta perigosa. Luiz Paulo jogou na área e Bruno Barra desviou de cabeça. A bola sobrou para Alef Manga, que passou para João Carlos fazer o gol. O VAR entrou em ação e, depois de quase três minutos, anulou a jogada, assinalando impedimento de Alef Manga.

Em sua primeira finalização, aos 11 minutos, o Flamengo abriu o placar. Gabigol dominou a bola no meio de campo e lançou Michael. O camisa 19 entrou na área do Volta Redonda e bateu com categoria, na saída do goleiro Andrey, para deixar o Rubro-Negro na frente.

Não demorou muito para o Fla chegar ao segundo. Aos 20 minutos, Pedro ganhou disputa com Heitor e tocou para Gabigol. O camisa 9 dominou, cortou o defensor e colocou no canto direito do goleiro.

O Flamengo só não chegou ao terceiro logo depois porque Pedro perdeu um gol incrível. Aos 32 minutos, Matheuzinho recebeu na direita e cruzou. Pedro apareceu sozinho dentro da pequena área, mas finalizou desequilibrado, jogando no travessão. No rebote, Gabigol acabou sendo desarmado.

O Volta Redonda parecia perdido em campo e Michael teve chance de marcar seu segundo gol, mas ele jogou para fora a chance após bom passe de Gabigol. O Voltaço respondeu aos 40 minutos, com Alef Manga batendo cruzado e obrigando Gabriel Batista a fazer grande defesa.

Se o Voltaço não conseguiu marcar, Gabigol não perdoou. Aos 42 minutos, ele tabelou com Matheuzinho, entrou na área adversária e encheu o pé. O goleiro Andrey falhou e a bola morreu no fundo da rede: 3 a 0.

O Flamengo começou o segundo tempo como terminou o primeiro: fazendo gols. Logo aos três minutos, Ramon lançou para Vitinho, que ganhou do zagueiro, fez o corte, e chutou firme para assinalar o quarto do Rubro-Negro.

Com o Volta Redonda completamente atordoado em campo, o Flamengo não tinha dificuldade para criar oportunidades. Aos 22 minutos, Matheuzinho recebeu pela direita e cruzou para Pedro. O atacante tocou por cima. No ataque seguinte, Gabigol serviu João Gomes, mas o chute do camisa 35 parou nas mãos de Andrey.

No fim, o Volta Redonda conseguiu seu gol de honra. Boa jogada pela direita que terminou com o chute de Hiroshi, só que João Gomes apareceu no meio do caminho e, com o braço, “defendeu” a finalização. Penalidade máxima cobrada com perfeição por João Carlos para dar números finais à partida.

O Flamengo agora aguarda o adversário da final, que sairá do confronto deste domingo (08) entre Fluminense e Portuguesa, às 16h, no Maracanã. No confronto de ida, as equipes ficaram no 1 a 1. Novo empate garante o Tricolor na final.

Por Maurício Costa/Rádio Nacional – Rio de Janeiro

Deixe um comentário